Cervejaria Canoinhense – A cervejaria mais antiga do Brasil

A Cervejaria Canoinhense é a microcervejaria mais antiga do Brasil em funcionamento. Conhecer a cervejaria é voltar ao passado. Desde o início da cervejaria, em 1908, são utilizados os mesmos equipamentos e processo de fabricação. Vale a visita. É uma experiência única e diferente, uma aula de história.

História da Cervejaria Canoinhense

A cervejaria foi fundada com o nome de Cervejaria Ouro Verde por Pedro Werner e Otto Bachman, que a venderam em 1916 para Luis Kaesemudel. Em 1924 a cervejaria foi comprada por Otto Loeffler que, na década de 30, ampliou a fábrica e mudou o nome para a atual denominação, em homenagem à cidade de Canoinhas em Santa Catarina.

Otto Loeffler passou todos seus conhecimentos de mestre cervejeiro para o filho, Rupprecht Loeffler, que em 1938 comprou a parte de seu irmão da cervejaria e passou a administra-lá junto com sua esposa, Gerda Loeffler.

Cervejaria Canoinhense

Cervejaria Canoinhense

O cervejeiro catarinense Rupprecht Loeffler, também conhecido como Seu Lefra, cuidou da cervejaria até 2011, quando faleceu, com 93 anos de idade, e em sua homenagem, foi criado o dia da cerveja brasileira.

Atualmente a esposa de Seu Lefra é quem administra a Canoinhense e os funcionários Tadeu, que esta na cervejaria a mais de 20 anos, e seu irmão Raul Massaneiro, são os responsáveis pela fabricação das cervejas.

Animais empalhados

Animais empalhados que servem de decoração da cervejaria

Seu Lefra também era caçador na época em que a caça era permitida na região, e alguns dos animais que ele caçou estão empalhados e servem de decoração na sala de entrada da cervejaria. Há macacos empalhados dançando, tocando violão, outros com uma arma na mão, aves, cobras em formol, chifres, peles de animais e diversos outros animais empalhados na entrada da cervejaria.

Processo de fabricação

Todo o processo na cervejaria é manual, desde a limpeza das garrafas, que são passadas por uma espécie de roldana, onde as garrafas ficam nas bordas e alguém vai girando a roldana enchendo e esvaziando todas as garrafas com água, em seguida é passado uma escova e elas são enxaguadas novamente até irem para a secagem.

Máquina para limpar as garrafas

Máquina para limpar as garrafas

São feitos em média 1.300 litros de cerveja por mês e todas as cervejas seguem a lei alemã de pureza da cerveja, a Reinheitsgebot.

Tanque de resfriamento

Tanque para resfriar a cerveja.

O resfriamento é feito no segundo andar da cervejaria em um tanque aberto e com a ajuda de um ventilador em um dos lados do tanque, após resfriada a cerveja é trasfegada para barris de carvalho, alguns com mais de 100 anos, para o processo de fermentação e maturação.

Máquina para tampar as garrafas

A frente uma máquina manual para tampar as garrafas e atrás outra para colocar o gás

Após enchimento das garrafas, as tampinhas são colocadas uma a uma, usando uma máquina onde é necessário fazer pressão com o pé para tampar ela. Em seguida as garrafas são colocadas em um caldeirão com água a 65˚C para a pasteurização e, em seguida, estão prontas para o consumo.

Curiosidades da cervejaria

Otto Loeffler previu a Segunda Guerra Mundial e pediu para seu filho Rupprecht Loeffler comprar todo o estoque de lúpulo da importadora do Rio de Janeiro, e essa foi a sorte deles, pois em 1939 a travessia pelo oceano foi bloqueada pelos ingleses impedindo a importação de lúpulos da Alemanha, com isso, eles conseguiram montar um estoque de lúpulo para os próximos cinco anos.

Rupprecht Loeffler bebia dois litros de cerveja por dia e faleceu com 93 anos, em 2011.

O dia da Cerveja Nacional, 5 de junho, é em homenagem a ele.

Seu Rupprecht também era caçador, enviou cerca de duas mil cobras para o Instituto Butantan em troca de soro para os colonos da cidade que também traziam as cobras pra ele.

Durante a Revolução de 30, as tropas de Getúlio Vargas que subiram do Rio Grande do Sul para São Paulo, passaram pela cidade e aproveitaram para tomar umas cervejas na Canoinhense. Segundo depoimento do documentário “Cerveja Falada” a nota das cervejas tomadas ainda esta na cervejaria esperando pelo pagamento.

Degustação das cervejas canoinhenses

São quatro as cervejas produzidas pela Canoinhense. A Nó de Pinho, Mocinha, Jahu e a Malzbier. Todas são do tipo Ale, de alta fermentação ou fermentação de superfície, a graduação alcoólica delas são baixas e variam entre 2% e 3,2%.

Cerveja Jahu

A Jahu é uma blond ale, tem esse nome em homenagem à travessia do Oceano Atlântico por João Ribeiro de Barros em um pequeno avião chamado de Jahu. O rótulo da cerveja tem um avião desenhado.

Cerveja Jahu

Cerveja Jahu, em homenagem a João Ribeiro de Barros.

A cerveja é cor de ouro claro com leve turbidez, tem boa formação de espuma branca e cremosa.

No nariz apresenta forte dulçor que lembra açúcar mascavo, rapadura, abacaxi marcante e leve amadeirado. Na boca os aromas se contrastam, há leve azedo e amargor, com final curto e seco.

É uma cerveja leve, ótima para um dia quente, porém não é uma cerveja surpreendente.

Cerveja Nó de Pinho

A Nó de Pinho é uma schwarzbier, ou cerveja preta. Esse nome teve inspiração ao nó de pinho utilizado como “combustível para cozinhar cerveja”.

Cerveja Nó de Pinho

Cerveja Nó de Pinho

É uma cerveja de cor preta com boa formação de espuma marrom caramelo. No nariz apresenta inicialmente café doce e madeira, influência do barril, que contrasta com um aroma que lembra vinagre e couro.

Paladar acompanha os aromas, com presença mais marcante da madeira e chocolate amargo. Corpo leve com final seco. Ótima cerveja.

Cerveja Mocinha

A Mocinha é uma cerveja american amber ale, voltada para o público feminino. Tem coloração amarelo palha com grande formação de espuma branca.

Cerveja Mocinha

Cerveja Mocinha

No nariz é fortemente perceptível os aromas de rapadura e cana de açúcar que se intensificam no paladar, do início ao fim. Corpo leve e muito doce. Não surpreendeu.

Cerveja Malzbier

A Malzbier também é uma cerveja preta, com aroma doce do malte, com leve tostado que lembra rapadura. O Sabor é doce, muito mais que a Nó de Pinho.

Cerveja Malzbier

Cerveja Malzbier

É uma cerveja leve com final seco e com permanência do doce, porém porém tem baixo drinkability por causa do doce exagerado.

Localização e Contato da Cervejaria Canoinhense

Rua 3 de maio, 222 – Centro, Canoinhas – SC
Telefone: (047) 3622-0358

Imagens da Cervejaria Canoinhense

Fontes

Revista da Cerveja, n˚ 01, Abril/Maio/Junho de 2012
Documentário Cerveja Falada, disponível em www.filmesquevoam.com.br/filme.php?id=89
Bytes and Beer, disponível em www.youtube.com/watch?v=S3BkB5L_-MY

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *