Diário de Bordo: Chile, Argentina e Uruguai

Uma viagem de carro em 4 pessoas, durante 20 dias e 8.900 km de estradas entre Argentina, Chile e Uruguai.

Passamos por planícies, serras, áreas densamente povoadas e outras pouco habitadas, quase desérticas. Viajamos por regiões de natureza exuberante, lagos encantadores, os picos rochosos e nevados dos Andes e paisagens de beleza indescritível. Apreciamos a gastronomia típica dos lugares em que passamos e convivemos com um povo educado, gentil e receptivo. Uma viagem inesquecível.

Para curtir a viagem nem sempre escolhemos os caminhos mais curtos, mas os mais interessantes. Nosso objetivo era conhecer lugares, por isso, inúmeras vezes saímos da rodovia principal para passar por cidades e vilas, o que aumentou o tempo da viagem e a distância percorrida, mas nos proporcionou mais convivência com as pessoas e maior conhecimento dos lugares e regiões por onde passamos.

Todo o caminho é encantador, praticamente indescritível. A viagem se resume em comer uma parrilla acompanhada de um bom vinho em Mendoza, atravessar os Andes e caminhar à base do Monte Aconcágua, atravessar a fronteira entre a Argentina e o Chile por um túnel à beira de uma montanha a 3.175 metros e passar pela curiosa estrada los caracoles.

Chegar no Chile e visitar a inspiradora Isla Negra, casa do poeta Pablo Neruda, e absorver um pouco da cultura do país em Santiago enquanto saboreamos uma deliciosa centolla acompanhada de um pisco sour.

Da exuberante rota dos 7 lagos que dão a impressão de estarmos passando por um caminho de incríveis pinturas até a emoção de chegar ao topo do Vulcão Villarrica. Seguir ao Sul e contornar o Lago Llanquihue, contemplar o Salto Del Petruhe, atravessar os Andes e desfrutar de Bariloche e mais tarde encerrar a viagem com uma parrilla Uruguaia em Montevidéu e uma cerveja à beira da praia em Punta del Este.

Cidades visitadas

Mapa do percurso

Sobre

Chapecoense, Publicitário, Sommelier de Cerveja e aprendendo a fazer cerveja. Escritor do Rango e Trago, viajante e apaixonado por novas culturas. Me siga no Twitter, no Facebook e no Google+.

12 Comentários para “Diário de Bordo: Chile, Argentina e Uruguai”

  1. Mariane Carmo disse:

    Olá, Ricardo.
    Me chamo Mariane, sou de Fortaleza, Ceará. Estou querendo fazer uma viagem de Montevideo, Buenos Aires, Santiago e Pucon.
    Porém estou em dúvida com os meios de transporte entre as cidades. O que você me aconselharia?? Pensei em chegar em Montevideo de avião, ir de barco para Buenos Aires, seguir de avião para Mendoza, ir de Mendoza para Santiago de ônibus, de Santiago para Pucon de ônibus ou carro e voltar para Santiago para pegar o voo para Fortaleza. Você acha que consigo um custo baixo e uma viagem tranquila com esses percusos? O que você me aconselharia? Estou receio de perder muito tempo com essas viagens de ônibus, mas também não quero ter um custo muito alto com passagens de avião.
    Aguardo sua resposta. ATT, Mariane Carmo.

    • Olá Mariane!

      Acredito que ônibus é o meio mais barato para se locomover. Tu pode simular o tempo de viagem pelo Google Maps e ter uma ideia de qual o melhor meio de transporte. Tu também pode fazer algum percurso durante a noite, assim economiza um diária em hotel.

      Outra coisa que tu pode considerar é que o visual é lindo nessa região, e se for de avião não vai aproveitar ele.

      Abc e Boa viagem!

  2. Marcella disse:

    Oi, Ricardo,
    vc saberia informar o custo dessa viagem? Com hospedagem, carro, alimentação, etc?
    Obrigada!

    • Olá Marcela,

      infelizmente não tenho mais a planilha que anotei meus custos, e muita coisa mudou de quando fiz a viagem. Mas pra ter uma ideia, tu pode simular as hospedagens em aplicativos como o booking, e sites de locadoras de carro também.

      Abc e ótima viagem.

  3. Adriana Santos disse:

    Olá Ricardo! Meu nome é Adriana e Estarei de férias em fevereiro e gostaria de fazer um roteiro que incluísse Argentina, Chile e Uruguai, vou de avião e sozinha. O que vc indica, por onde começar, quantos dias em cada cidade. Quais locais da para ir sozinha. Desde já agradeço! Abraços!

    • Adriana,

      o tempo e roteiro varia muito de pessoa para pessoa, depende muito do teu objetivo, o que tu quer conhecer/fazer. Mas sugiro ficar pelo menos 2 dias nas capitais, principalmente da Argentina e Chilena, Montevidéu é bem menor e em um dia da pra conhecer os principais pontos turísticos dela.

      No quesito roteiro, pode começar por Montevidéu, Buenos Aires e Santiago, ou o contrário. É interessante ver valores de passagens, isso vai te ajudar a tomar algumas decisões.

      Abc e boa viagem.

  4. Ernst herbert jnowsky disse:

    achei legal seus comentários mas o mais importante seriam ,ou o mais interesante, os preços,dos campings

  5. Jose Carlos disse:

    O roteiro Chile, Uruguai e Argentina da pra encarar só um casal , já passados dos 60? Já temos alguma experiencia só que aqui no Brasil. Fiquei muito afim de seguir seu roteiro.

    • Olá José,

      Dá pra encarar sim, inclusive meus pais e amigos deles já fizeram roteiro semelhante a este de carro e de moto. As estradas são boas e boa parte dela estão duplicadas.

      • Jose Carlos disse:

        Ricardo, vc poderia me orientar sobre quanto tempo ficar em cada lugar a partir de Córdoba?
        Obrigado pela sua atenção e abraços.

        • José,

          o tempo é muito variável, depende muito do que tu pretende fazer no local, mas as cidades que fiquei por 2 noites foram: Santiago (mas passei uma noite na cidade vizinha, valparaíso), Pucon (porque choveu um dia e não foi possível subir o vulcão naquele dia) e Bariloche. O restante das estadias foram apenas uma noite.

          Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *