Diário de Bordo: Chile, Argentina e Uruguai

Uma viagem de carro em 4 pessoas, durante 20 dias e 8.900 km de estradas entre Argentina, Chile e Uruguai.

Passamos por planícies, serras, áreas densamente povoadas e outras pouco habitadas, quase desérticas. Viajamos por regiões de natureza exuberante, lagos encantadores, os picos rochosos e nevados dos Andes e paisagens de beleza indescritível. Apreciamos a gastronomia típica dos lugares em que passamos e convivemos com um povo educado, gentil e receptivo. Uma viagem inesquecível.

Para curtir a viagem nem sempre escolhemos os caminhos mais curtos, mas os mais interessantes. Nosso objetivo era conhecer lugares, por isso, inúmeras vezes saímos da rodovia principal para passar por cidades e vilas, o que aumentou o tempo da viagem e a distância percorrida, mas nos proporcionou mais convivência com as pessoas e maior conhecimento dos lugares e regiões por onde passamos.

Todo o caminho é encantador, praticamente indescritível. A viagem se resume em comer uma parrilla acompanhada de um bom vinho em Mendoza, atravessar os Andes e caminhar à base do Monte Aconcágua, atravessar a fronteira entre a Argentina e o Chile por um túnel à beira de uma montanha a 3.175 metros e passar pela curiosa estrada los caracoles.

Chegar no Chile e visitar a inspiradora Isla Negra, casa do poeta Pablo Neruda, e absorver um pouco da cultura do país em Santiago enquanto saboreamos uma deliciosa centolla acompanhada de um pisco sour.

Da exuberante rota dos 7 lagos que dão a impressão de estarmos passando por um caminho de incríveis pinturas até a emoção de chegar ao topo do Vulcão Villarrica. Seguir ao Sul e contornar o Lago Llanquihue, contemplar o Salto Del Petruhe, atravessar os Andes e desfrutar de Bariloche e mais tarde encerrar a viagem com uma parrilla Uruguaia em Montevidéu e uma cerveja à beira da praia em Punta del Este.

Cidades visitadas

Mapa do percurso

7 Comentários para “Diário de Bordo: Chile, Argentina e Uruguai”

  1. Adriana Santos disse:

    Olá Ricardo! Meu nome é Adriana e Estarei de férias em fevereiro e gostaria de fazer um roteiro que incluísse Argentina, Chile e Uruguai, vou de avião e sozinha. O que vc indica, por onde começar, quantos dias em cada cidade. Quais locais da para ir sozinha. Desde já agradeço! Abraços!

    • Adriana,

      o tempo e roteiro varia muito de pessoa para pessoa, depende muito do teu objetivo, o que tu quer conhecer/fazer. Mas sugiro ficar pelo menos 2 dias nas capitais, principalmente da Argentina e Chilena, Montevidéu é bem menor e em um dia da pra conhecer os principais pontos turísticos dela.

      No quesito roteiro, pode começar por Montevidéu, Buenos Aires e Santiago, ou o contrário. É interessante ver valores de passagens, isso vai te ajudar a tomar algumas decisões.

      Abc e boa viagem.

  2. Ernst herbert jnowsky disse:

    achei legal seus comentários mas o mais importante seriam ,ou o mais interesante, os preços,dos campings

  3. Jose Carlos disse:

    O roteiro Chile, Uruguai e Argentina da pra encarar só um casal , já passados dos 60? Já temos alguma experiencia só que aqui no Brasil. Fiquei muito afim de seguir seu roteiro.

    • Olá José,

      Dá pra encarar sim, inclusive meus pais e amigos deles já fizeram roteiro semelhante a este de carro e de moto. As estradas são boas e boa parte dela estão duplicadas.

      • Jose Carlos disse:

        Ricardo, vc poderia me orientar sobre quanto tempo ficar em cada lugar a partir de Córdoba?
        Obrigado pela sua atenção e abraços.

        • José,

          o tempo é muito variável, depende muito do que tu pretende fazer no local, mas as cidades que fiquei por 2 noites foram: Santiago (mas passei uma noite na cidade vizinha, valparaíso), Pucon (porque choveu um dia e não foi possível subir o vulcão naquele dia) e Bariloche. O restante das estadias foram apenas uma noite.

          Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *