Praça da Kantuta – Feira Boliviana em São Paulo

Em São Paulo há cerca de 200 mil Bolivianos, e parte deles vive na região do Pari, e é ali, mais especificamente, na Praça da Kantuta, que todos os domingos acontece a Feira Boliviana.

Feira Boliviana

Feira Boliviana

A feira é pequena, porém muito bem organizada e colorida. Praticamente todas as barracas que vendem comida possuem mesas, cadeiras e são cobertas.

Restaurante Feira Boliviana

Restaurante Feira Boliviana

É bem provável que todos que visitam a feira tenham a impressão de estar em outro país. Cozinheiros, garçons e comerciantes, na maioria, apenas arranham o português, as vendinhas só tem produtos artesanais ou industrializados típicos da pátria mãe. Cardápios e banners divulgando produtos e serviços também estão escritos na língua nativa.

Produtos típicos Bolivianos

Produtos típicos Bolivianos

Quem quiser levar um pouco da Bolívia pra casa, há barracas de artesanato que vendem instrumentos musicais bolivianos, vasos e potes, lã de lhama, malhas, bolsas, saias, travesseiros e outros produtos com os bordados característicos. Além de temperos, legumes, chás e outros itens culinários.

Artesanatos Bolivianos

Artesanatos Bolivianos

Uma sugestão é começar o passeio com um copo de Chicha na mão, que é uma típica bebida fermentada a base de milho com 2% a 3% de álcool. Ela é uma bebida peculiar, tem aroma bem marcante de milho, e um sabor ácido e avinagrado. Caso alguém não queira encarar algo tão inusitado, a bebida também é vendida com a adição de frutas como o morango, que deixa a bebida mais fácil de beber.

Chicha - Bebida típica Boliviana

Chicha – Bebida típica Boliviana

Também é possível de encontrar outras bebidas típicas, como a Paceña, cerveja boliviana mais popular, similar as cervejas populares brasileiras, o refrigerante Inca Cola ou o Mocochinchi, típico chá gelado de pêssego desidratado, cravo e canela.

Empanada e Cerveja Paceña

Empanada e Cerveja Paceña

Continuando o passeio, sugiro prestar atenção nos grandes cardápios que estão a frente das barracas para já ir pensando no que comer. Pois as opções são inúmeras, há barracas de empanadas e salteñas (tortas de carne), restaurantes que servem sopa de mani (sopa de amendoim), filés de peixe grelhado, salchipapa (salsicha com batata frita), pollo frito (frango frito), chicharron (prato com base de porco), Ceviche – que é encontrado em uma das duas barracas peruanas – e muitos outros.

Como chegar na feira Boliviana

A Feira Boliviana fica na Praça Kantuta S/N, que faz esquina com a Rua das Olarias e Rua Araguaia. Fica próximo do Estádio da Portuguesa, o Canindé e do metro Armênia, linha azul.

Ela abre todos os domingos entre 11:00 e 19:00 horas. Em dias festivos como Carnaval, dia da Independência da Bolívia (6 de agosto), Festa das Alacitas (24 de janeiro) e outras datas, também há apresentações folclóricas bolivianas.

Endereço: Praça Kantuta, S/N, Canindé, São Paulo, SP

Fotos da Feira Boliviana

Sobre

Chapecoense, Publicitário, Sommelier de Cerveja e aprendendo a fazer cerveja. Escritor do Rango e Trago, viajante e apaixonado por novas culturas. Me siga no Twitter, no Facebook e no Google+.

12 Comentários para “Praça da Kantuta – Feira Boliviana em São Paulo”

  1. Ita Drucker disse:

    gostaria de saber como posso adquirir alguns produtos sem ir até lá??

    Atenciosamente,

    Ita Drucker

  2. Gerson Paes de Almeida disse:

    Quantos custa a Pacenã? Pode comprar uma caixa sem problema?

  3. Gildete silva disse:

    Fui la faz pouco tempo adorie tudo pessoas simples comida muito gostosa pra foi muito bom vou voltar mais vezes

  4. CACILDA disse:

    Os preços não são tão acessíveis, mas além da feira do Brás só encontramos esses produtos lá.
    Voltarei agora em 06/08 quando provavelmente terá grupos folclóricos e muita música boliviana ( independência de lá ).

  5. Nadia disse:

    Gostaria d saber se os precos sao acessiveis

  6. Simone disse:

    Estive lá em 19/02, não foi possível aproveitar nada!!!!!
    Diversos jovens jogando bexiga com água e spray de espuma, uma brincadeira nada saudável e desagradável a quem andava pelo local.
    Lamentável que as pessoas se divirtam com isso e que alguns comerciantes vendam tal produto e atrapalhem quem está no local.

    • Juan carlos disse:

      Ola ace poco me entere de esa feria k acostunbran realizar los domingos espero ir pronto a comer algun plato tipico soy de peru estoy en São pablo ace un año e medio.

    • SERGIO RAMIRO disse:

      Infelizmente é o costume no carnaval. Não tem desfile de escolas de samba, o povão fica enchendo bexigas com água e molhando o povo. Embora a gente não goste muito é o costume deles no mês do carnaval.

  7. RENATA LHANNES disse:

    Boa tarde gostaria de saber se tem algum show ou apresentação de grupos cantando
    ????

  8. Rebecca disse:

    É todo domingo mesmo queria ir no próximo.

  9. Olá Ricardo,

    Também estive lá e adorei a feira!
    Me encantei com a saltenha (empanada) e com o chá gelado de pêssego!
    Ótimo texto!

    Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *