Torres del Paine: Saiba o que fazer no parque – Chile

Pra quem gosta de aventura, natureza e lindas paisagens, Torres del Paine é o lugar perfeito, tem trekking pra todos os gostos e níveis de dificuldade, alguns que levam entre 3 e 4 horas e circuitos que podem durar até 10 dias caminhando por trilhas dentro do parque.

Rios e Lagos de Torres del Paine

Algo muito comum de se ver no parque são os lagos que margeiam praticamente todas as estradas. Eles tem cores que variam do azul intenso para tonalidades esverdeadas, todos com cores únicas e dimensões diversas que proporcionam um visual deslumbrante para um passeio despretensioso no fim do dia.

Lago Pehoe

Lago Pehoe

Quem acessar o parque pela entrada Laguna Amarga, já vai visualizar o primeiro lago, o Sarmiento, se seguir para o oeste, vai passar pelo Lago Nordenskjöld, Mirante do El Macizo Azul, Laguna Melizas, Lago Pehoe e Rio Paine, até a Portaria do Rio Serrano, mais alguns metros a frente e chega no Mirante do Rio Serrano, onde é possível ver a Montanha Paine Gama e o Monte Almirante Nieto.

Laguna Azul

Laguna Azul

Pra quem for em direção ao lado oposto, há outros lagos como a Laguna Azul, que proporciona uma bela visão da parte de trás das Torres del Paine (que dão nome ao parque) e a Cascata do Rio Paine.

Trekking em Torres del Paine

São várias as opções de trekking em Torres del Paine, desde caminhadas leves com poucas variações de altitude que demoram até 4 horas, até trilhas mais complexas, onde é necessário subir e descer por cascalhos de pedras, enfrentar grandes variações de altitude e que podem durar até 10 dias.

Dentre os circuitos, os mais conhecidos são o Circuito Grande ou Cordilheira Paine, o Circuito W e o Circuito Torres del Paine.

Parte da trilha do Circuito Torres del Paine

Parte da trilha do Circuito Torres del Paine

Circuito Grande ou Circuito Paine

O Circuito Grande ou Circuito Paine é o maior de todos, a trilha passa ao redor das Torres del Paine e Cuernos del Paine, tem uma elevação de até 1.350 metros acima do nível do mar, a trilha passa por rios, lagos e as geleiras Grey, Dickson e Perros. O tempo pra fazer essa trilha é entre 7 e 10 dias.

Circuito W

O Circuito W demora entre 3 ou 4 dias para ser feito. Esse circuito passa pelo Valle del Francês que fica no interior da Cordilheira del Paine, e pelos Cuernos del Paine.

Circuito Torres del Paine

Início do Circuito Torres del Paine

Circuito Torres del Paine

A saída do Circuito Torres del Paine é no Hotel Las Torres, passando pelo Refúgio Chileno (acampamento, com estrutura para barracas) até o mirante onde se tem a melhor visão das torres. A trilha tem 9,5 km e é bastante íngreme, com muitas pedras, subidas e descidas e pode ser feita em um dia (são 19 km de caminhadas, ida e volta). Até o Acampamento Chileno a trilha fica entre uma pequena e rara vegetação. A partir desse acampamento a trilha fica entre uma linda floresta, às margens de um rio, até os últimos 500 metros, a partir de então só existem pedras e a subida é bem acentuada, uma escada.

Glaciar Grey

Há também o Glaciar Grey, que da origem ao lago de mesmo nome. Esse Glaciar é a maior extensão de gelo em território continental com 6km de largura e 30m de altura.

Glaciar Grey

Glaciar Grey

Há duas formas de conhecer o Glaciar Grey, a primeira fazendo um trekking que leva entre 6 e 7 horas. A segunda alternativa é fazer um passeio de barco que se aproxima bastante do paredão de gelo e que leva em torno de 3 horas.O passeio sai da Hostería Lago Grey, e percorre o Lago Grey até chegar próximo ao Glaciar Grey. Para comemorar, na viagem de volta, a tripulação do barco serve um uísque ou pisco com cubos de gelo tirados do glaciar.

Glaciar Grey

Canoagem no Glaciar Grey

Ah, e não se esqueça de ir agasalhado, o frio próximo da geleira é intenso.

Imagens de Torres del Paine

8 Comentários para “Torres del Paine: Saiba o que fazer no parque – Chile”

  1. Maíra disse:

    Oi Ricardo,

    Boa tarde! Para fazer o cisrcuito w em Torres del Paine você contratou alguma agência?

    Obrigada!

  2. Luiza disse:

    Olá!
    Tenho dúvidas sobre os locais para acampar no circuito W.
    Existem locais com estrutura para camping (chuveiro, luz) determinados ou nós que montamos a barraca onde queremos?
    Obrigada

  3. Gustavo Santos disse:

    Fala Ricardo! Parabens pelo site,
    Vou para punta arenas dia 28 de set desse ano, eu e minha esposa, estamos pesquisando a respeito, e gostariamos de fazer o trekking em Torres del Paine.
    Poderia me dar dicas? de onde se hospedar facilitar o acesso ao parque nacional e tambem qual o jeito certo de agendar o treking,tem como fazer isso com antecedencia?? se é organizado por funcionarios locais ou pode ser feito por conta propria? nossa intençao é nao gastar muito, se souber alguns valores também, me ajudaria muito!

    Agradeço desde ja! abcs!!

    • Olá Gustavo,

      Se hospedar no parque é um pouco caro, mas vale a pena se tu fizer as trilhas maiores, da uma conferida nesse link pra ver dicas de hospedagem lá.

      As trilhas podem ser feitas sem guias e em qualquer horário, são bem sinalizadas e movimentadas, qualquer dúvida, pode conversar com alguém. Só sugiro começar elas cedo, trilha com pouca visibilidade não é legal.

      Abc e boa viagem.

  4. samuel campos disse:

    ola colega parabens primeiramente . estou querendo fazer a trilha sozinho ..seria perigoso em maio deste ano que pretendo ir ate lá na segunda semana .
    minha duvida principal e se tem como pegar onibus nesta epoca de calafate e se eu posso entrar no chile com meu rg pois eu passaporte esta vencido. abs e tudo de bom

    • Samuel,

      Não sei te dizer sobre os ônibus, teria que pesquisar algumas companhias de lá. Sobre ir sozinho, não achei lá perigoso, e é uma ótima oportunidade de conhecer novas pessoas e encontrar parceiros para a trilha.

      Já o passaporte, é possível acessar todos os países do Mercosul apenas com a carteira de identidade.

      Abc e boa viagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *